7 de novembro de 2014


IV COLÓQUIO INTERNACIONAL SOBRE LITERATURA BRASILEIRA CONTEMPORÂNEA: PRÁTICAS DO ESPAÇO


Brasil-França-Inglaterra 
15 e 16 de janeiro de 2015 em Paris
19 e 20 de janeiro de 2015 em Oxford

Organização
Claire Williams (St. Peter’s College, University of Oxford)
José Leonardo Tonus (Université Paris-Sorbonne)
Regina Dalcastagnè (Universidade de Brasília)

Comissão científica
Georg Wink (University of Copenhagen), Leila Lehnen (University of New Mexico), Lucía Tennina (Universidad de Buenos Aires), Luciene Almeida de Azevedo (Universidade Federal da Bahia), Roberto Vecchi (Università di Bologna), Sandra Regina Goulart Almeida (Universidade Federal de Minas Gerais), Stefania Chiarelli (Universidade Federal Fluminense), Vinícius de Carvalho (King’s College London)

Comissão de apoio
Agnaldo Fernandes da Silva (Université Paris-Sorbonne), Gui Perdigão (St. Catherine's College), Phillip Rothwell (St. Peter’s College), Silvia Aline da Silva Caetano (Université Paris-Sorbonne)

Monitoria
Julio Lenz Rodrigues Barrocas, Richely B. de Castro, Pauline Rosa, Marilia Bellio do Nascimento, Sandy Pereira Guerreiro, Diana Hilario, Lea Carmona Towsend, Ranny Cabrera, Jade de Lima Mauricio, Cristina Souza (Université Paris-Sorbonne)

Na esteira do pensamento do sociólogo francês Michel de Certeau e de um quadro espistemológico recente voltado cada vez mais para o estudo das relações entre espacialidade e fenômenos sócio-culturais, este colóquio – que reunirá pesquisadores de diversas instituições acadêmicas da América Latina, América do Norte e Europa – pretende abordar uma série de questões relativas às práticas do espaço na literatura brasileira contemporânea. Será discutido desde o campo literário no país, observando-se a movimentação e as disputas de seus/suas agentes por um espaço simbólico, mas que marca o lugar e a produção de cada um/a deles/as no contexto cultural brasileiro, até os modos de referencialização, estilização, representação e significação do espaço do/no texto literário: construção de lugares imaginários; tensões estabelecidas a partir de relações conflituosas com o espaço vivenciadas no interior das obras; procedimentos de espacialização textual.
O encontro é resultado dos diálogos já estabelecidos entre estudiosos de literatura brasileira contemporânea de diferentes universidades do Brasil e do exterior e marca a consolidação da cooperação entre essas instituições. As diferentes procedências dos participantes apontam também as diferentes perspectivas teóricas e metodológicas que estarão em debate. Para além de questões mais teóricas, necessárias à análise das obras literárias em seu conjunto, serão apresentados estudos pontuais sobre livros, autores e gêneros específicos da literatura brasileira contemporânea, incluindo ainda interpretações sobre o campo literário brasileiro atual. Todos os trabalhos trarão como preocupação central o fazer literário na contemporaneidade, tendo como recorte cronológico as obras da literatura brasileira produzidas a partir de 2000.

PROGRAMAÇÃO
Quinta-feira, 15 de janeiro – Université Paris-Sorbonne
Amphithéâtre Guizot – 17, rue de la Sorbonne – 75005 – Paris

ABERTURA – 8h30
Recepção dos participantes e abertura do Colóquio, com a presença dos organizadores.

MESA 1 – 9h às 10h20

Mergulho nas emergências: margem de dentro e margem de fora na literatura brasileira
Alexandre Faria (Universidade Federal de Juiz de Fora)

Literatura marginal/periférica: páginas, versos e vozes de um movimento
Michel Yakini (coletivo “Elo da Corrente”)

Qual o espaço da periferia na literatura brasileira contemporânea?
Paula Anacaona (editora Anacaona)

INTERVALO

MESA 2 – 11h às 11h50

A conquista de capitais no espaço transnacional: o caso da literatura brasileira contemporânea no Salão do Livro de Paris
M. Carmen Villarino Pardo (Universidad de Santiago de Compostela)

A literatura brasileira contemporânea em tradução: os “novos tradutores” no campo literário alemão
Marcel Vejmelka (Universidade Johannes Gutenberg de Mainz)

ALMOÇO

MESA 3 – 14h às 14h50

O espaço do eu na literatura contemporânea: narcisismo e globalização 
Luciana Hidalgo (Université Paris-Sorbonne)

A prisão como espaço fundador em Memórias de um sobrevivente
Luciana Paiva Coronel (Universidade Federal do Rio Grande do Sul/Capes)

MESA 4 – 14h50 às 15h40

Meios (públicos) sem fim: passagens e passageiros nas radiografias do espaço urbano
Roberto Vecchi (Università di Bologna)

O lugar das coisas, ou de como os objetos compõem o espaço narrativo
Regina Dalcastagnè (Universidade de Brasília)

INTERVALO

MESA 5 – 16h às 16h50

A cidade como espaço cênico: a ressignificação do espaço entre realidade e teatralidade
Rita Maubert (Université Paris-Sorbonne/ Université Paris-Ouest)

O olhar e a cena: o espaço urbano como construção poética do sujeito
Susanna Busato (Universidade Estadual Paulista/ São José do Rio Preto)

Sexta-feira, 16 de janeiro – Université Paris-Sorbonne
Amphithéâtre Guizot – 17, rue de la Sorbonne – 75005 – Paris

MESA 7 – 9h às 9h50

Espaço fantasmático: para uma poética feminista na ficção brasileira contemporânea
Rita Terezinha Schmidt (Universidade Federal do Rio Grande do Sul)

Geografias afetivas, lugares identitários na literatura brasileira contemporânea
Sandra Regina Goulart Almeida (Universidade Federal de Minas Gerais)

MESA 8 – 9h50 às 10h40

Personagens em trânsito: espaços de resistência em Mar azul, de Paloma Vidal
Joyce Luciane Correia Muzi (Universidade Estadual de Maringá/Instituto Federal do Paraná)

Estratégias narrativas e táticas do cotidiano em Estive em Lisboa e lembrei de você
Sara Brandellero (Universiteit Leiden)

INTERVALO

MESA 8 – 11h às 11h50

A negociação do espaço e da identidade no romance Samba sem mim, de Caio Yurgel
Camila Gonzatto (Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul)

O teatro da identidade e a cena urbana na obra de Ricardo Lísias
Ângela Maria Dias (Universidade Federal Fluminense)

ALMOÇO

MESA 9 – 14h às 14h50

Zonas de desastre: a narrativa de Sem importância coletiva, de Daniela Lima
Paulo C. Thomaz (Universidade de Brasília)

Um país de 55 metros quadrados: o sentimento de avulsão em Terra avulsa, de Altair Martins  
Ricardo Araújo Barberena (Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul)

REUNIÃO DE TRABALHO – 15h às 17h
Publicação dos textos do Colóquio; projetos de pesquisa; cooperação entre as instituições universitárias do Brasil, da Europa e dos Estados Unidos sobre estudos literários; outras publicações; encontros internacionais; intercâmbios e cotutelas. Preparação do VIII Simpósio Internacional de Literatura Brasileira Contemporânea, em Brasília, e do V Colóquio Internacional sobre Literatura Brasileira Contemporânea, em local a ser definido.

APRESENTAÇÃO DE PÔSTERES

Quem escreve o romance brasileiro contemporâneo?
Fernanda Serafim Alves (Universidade de Brasília)

Necessidades especiais no romance brasileiro contemporâneo
Isadora Maria Santos Dias (Universidade de Brasília)

Sexualidade no romance brasileiro contemporâneo 
Marcos Eduardo Lopes Rocha (Universidade de Brasília)

O narrador no romance brasileiro contemporâneo 
Maria Manuella Bessa Kury (Universidade de Brasília)

Questões raciais no romance brasileiro contemporâneo
Priscila Cristina Cavalcante Oliveira (Universidade de Brasília)

Religiosidade no romance brasileiro contemporâneo
Vanessa Chanice Magalhães Silva (Universidade de Brasília)

Relações afetivas no romance brasileiro contemporâneo 
Vanessa Pereira Cajá Alves (Universidade de Brasília)

Relações de gênero no romance brasileiro contemporâneo
Waldson Gomes de Souza (Universidade de Brasília)

Segunda-feira, 19 de janeiro – St. Peter’s CollegeUniversity of Oxford 
Dorfman Centre – St. Peter’s College – New Inn Hall Street – Oxford – OX1 2DL

ABERTURA – 8h30
Recepção dos participantes e abertura do Colóquio, com a presença dos organizadores.

MESA 1 – 9h às 9h50

Escrevendo-se na cidade: Exu e o Guia afetivo da periferia, de Marcus Vinicius Faustini
Vinícius de Carvalho (King’s College London)

O espaço urbano e subjetivo em O beijo na parede, de Jeferson Tenorio
Fernanda Borges (Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul)

MESA 2 – 9h50 às 10h40

A espacialidade do narrador na literatura brasileira contemporânea
José Leonardo Tonus (Université Paris-Sorbonne)

Poéticas da desigualdade social no romance brasileiro contemporâneo
Gabriel Estides Delgado (Universidade de Brasília)

INTERVALO

MESA 3 – 11h às 11h50

Cenas do retorno na narrativa brasileira contemporânea
Anderson Luís Nunes da Mata (Universidade de Brasília)

De confinamentos e deslocamentos: tensões espaciais em Dois rios, de Tatiana Salem Levy
Lúcia Osana Zolin (Universidade Estadual de Maringá)

ALMOÇO

MESA 4 – 14h às 15h20

Ser feminista no campo literário brasileiro: de personagens, teorias e palavras no “armário”
Virgínia Maria Vasconcelos Leal (Universidade de Brasília)

Um sentido para o fim: memórias e espaços transitórios em Hanóide Adriana Lisboa
Júlia Braga Neves (King's College London/Humboldt Universitat zu Berlin)

Hanói, de Adriana Lisboa, e As miniaturas, de Andrea del Fuego: uma leitura comparativa de duas escritoras brasileiras contemporâneas
Raquel Ribeiro (University of Edinburgh)

INTERVALO

MESA 6 – 15h40 às 16h30

Fora de lugar, fora do tempo: encontros incômodos em Habitante irreal, de Paulo Scott
Claire Williams (St. Peter’s College, University of Oxford)

“Escritas de ouvido” contemporâneas: por uma poética espaço-sonora
Marília Librandi-Rocha (Stanford University) e Sérgio Bairon (USP/Instituto Diversitas)

MESA 7 – 16h30 às 17h20

O não-espaço em Wesley Peres: narrativas líricas em deslocamento
Rosane Carneiro Ramos (King's College London/Capes)

Steampunk brasileiro: o espaço de ficção científica em Lição de anatomia do temível Dr. Louisonde Enéias Tavares
Georg Wink (University of Copenhagen)

Terça-feira, 20 de janeiro – St. Peter’s CollegeUniversity of Oxford 
Dorfman Centre – St. Peter’s College – New Inn Hall Street – Oxford – OX1 2DL

REUNIÃO DE TRABALHO – 9h às 12h
Publicação dos textos do Colóquio; projetos de pesquisa; cooperação entre as instituições universitárias do Brasil, da Europa e dos Estados Unidos sobre estudos literários; outras publicações; encontros internacionais; intercâmbios e cotutelas. Preparação do VIII Simpósio Internacional de Literatura Brasileira Contemporânea, em Brasília, e do V Colóquio Internacional sobre Literatura Brasileira Contemporânea, em local a ser definido.


      


24 de outubro de 2014



Andrew Wyeth

VI SIMPÓSIO INTERNACIONAL SOBRE LITERATURA BRASILEIRA CONTEMPORÂNEA: LUGARES E DISPUTAS


Brasília – Universidade de Brasília – 2 a 5 de novembro de 2014

Local: Auditório do Instituto de Letras (ICC Sul, Subsolo, Sala 99)
Coordenação geral: Regina Dalcastagnè
Coordenação do Fórum dos Estudantes: Bruna Paiva de Lucena, Gabriel Estides Delgado e Laeticia Jensen Eble
Comissão de organização: Anderson Luís Nunes da Mata, Gislene Maria Barral Lima Felipe da Silva, Igor Ximenes Graciano, Maria Isabel Edom Pires, Paulo C. Thomaz, Virgínia Maria Vasconcelos Leal
Comitê científico: Carmen Villarino Pardo (Universidade de Santiago de Compostela), Georg Wink (Universidade de Copenhague), José Leonardo Tonus (Universidade de Paris-Sorbonne), Leila Lehnen (Universidade do Novo México), Lúcia Osana Zolin (UEM), Lucía Tennina (Universidade de Buenos Aires), Luciene Almeida de Azevedo (UFBA), Ricardo Barberena (PUC-RS)
Comissão de apoio: Adélia Mathias, Dalva Martins, Elisabete Barros de Sousa Lima, Maria Aparecida Cruz de Oliveira, Pollianna Freire
Monitoria: Fernanda Serafim Alves, Isadora Maria Santos Dias, Marcos Eduardo Lopes Rocha, Maria Manuela Bessa Cury, Nara Andejara Gomes do Vale, Priscila Cristina Cavalcante Oliveira, Waldson Gomes de Souza
Organização: Grupo de Estudos em Literatura Brasileira Contemporânea
Apoio: Departamento de Teoria Literária e Literaturas, Instituto de Letras, Finatec, CNPq, Capes

O VI Simpósio Internacional sobre Literatura Brasileira Contemporânea dá continuidade aos trabalhos de pesquisa realizados pelo Grupo de Estudos em Literatura Brasileira Contemporânea acerca das relações entre literatura e sociedade, os procedimentos de representação e autorrepresentação de grupos marginalizados e a emergência de novos parâmetros críticos. Ao reunir professores/as e estudantes de diferentes instituições nacionais e internacionais, o encontro se constitui em um ambiente privilegiado para a discussão de aspectos relevantes da literatura atual, especialmente no que diz respeito aos espaços ocupados ou disputados pela produção contemporânea. Este VI simpósio, portanto, colocará em debate os diferentes “lugares” e as variadas “disputas” da literatura brasileira – desde aqueles constituídos no interior das narrativas, até os que se estabelecem “do lado de fora”, ou seja, o lugar que o nosso romance ocupa no mercado editorial, nos processos educacionais, no campo literário brasileiro e, mesmo, internacional. Também serão abordados o lugar de fala do/a escritor/a e do/a narrador/a, a identificação do/a leitor/a com os espaços da narrativa e os variados recursos da escrita para evocar uma ideia de lugar, entre outras questões pertinentes ao tema.
PROGRAMAÇÃO 

Domingo, 2 de novembro de 2014
18h30 – Recepção dos participantes

Segunda-feira, 3 de novembro de 2014
8h30 – Abertura
9h-10h – Mesa 1
Florencia Garramuño (Universidad de San Andrés, Argentina)
Romance, narrativa, obsolescência

Roberto Vecchi (Universitá di Bologna)
O lugar da vítima na escrita contemporânea

Mediação: Anderson Luís Nunes da Mata

Intervalo
10h20-11h10 – Mesa 2
José Leonardo Tonus (Université Paris-Sorbonne)
Picando a mula: o espaço transnacional na literatura brasileira contemporânea

Regina Dalcastagnè (UnB)
Como folhas espalhadas pelo vento: o local na literatura brasileira contemporânea

Mediação: Paulo C. Thomaz

11h10-12h – Mesa 3
Leila Lehnen (University of New Mexico)
Literatura como espaço da democracia na obra de Ademiro Alves (Sacolinha)

Gislene Maria Barral Lima Felipe da Silva (Secretaria de Educação do DF)
Muito além das grades: a escrita como libertação em Às cegas, de Luiz Alberto Mendes

Mediação: Edma Cristina de Góis

Almoço

14h30-15h50 – Mesa 4
Lucía Tennina (Universidad de Buenos Aires)
Escritas da margem: tensão entre o “escritor” e o “outro”

Rejane Pivetta de Oliveira (UniRitter)
Lugares críticos e deslocamentos do marginal na literatura brasileira contemporânea

Luciene Almeida de Azevedo (UFBA)
Os dilemas do escritor em busca de uma assinatura

Mediação: Lúcia Osana Zolin

Intervalo

16h20-17h10Mesa 5
Jefferson Agostini Mello (USP)
Literatura e crítica literária na contemporaneidade: co-autorias de um autopúblico

Paloma Vidal (UNIFESP)
Modos de pensar o "entre": sobre alguns temas em Silviano Santiago

Mediação: Ricardo Barberena

17h10-18h – Mesa 6
Edma Cristina de Góis (UnB)
Espaços híbridos e dicção contemporânea em Menino oculto, de Godofredo de Oliveira Neto

Ângela Maria Dias (UFF)
O lugar do pastiche na literatura brasileira atual: Valencio Xavier e Verônica Stigger

Mediação: Luciene Almeida de Azevedo

18h – Coquetel de abertura

Terça-feira, 4 de novembro de 2014

9h-9h50 – Mesa 7
Luis Alberto Brandão (UFMG)
Dos espaços literários aos transdisciplinares

Anderson Luís Nunes da Mata (UnB)
Da traição: a mentira como representação/a escrita como vingança

Mediação: Igor Ximenes Graciano

Intervalo                                                                                                     

10h10-11h – Mesa 8
Cláudia de Lima Costa (UFSC)
Geo-cosmo-políticas: reflexões para a crítica feminista

Virgínia Maria Vasconcelos Leal (UnB)
Literatura brasileira contemporânea e teorias feministas na sala de aula: algumas notas    

Mediação: Sophia Beal

11h-11h50 – Mesa 9
Lúcia Osana Zolin (UEM)
O lugar da mulher no romance contemporâneo de mulheres

Jeremy Lehnen (University of New Mexico)
O jogo bonito como espaço da masculinidade em questão: O paraíso é bem bacana, de André Sant’Anna

Mediação: Rejane Pivetta de Oliveira

Almoço

14h-14h50Mesa 10
Maria Isabel Edom Pires (UnB)
Cenas de leitura, cenas da cidade: Buenos Aires e a literatura em Cordilheira, de Daniel Galera

Sophia Beal (University of Minnesota)
Espaços personalizados na literatura de Brasília

Mediação: Luis Alberto Brandão

14h50h-16h10Mesa 11
Igor Ximenes Graciano (UnB)
Literatura política e as agruras do pequeno eu: sobre Divórcio, de Ricardo Lísias

Ricardo Barberena (PUCRS)
Os estrumes da consciência em As vozes do sótãode Paulo Rodrigues, e Caderno de um ausentede João Anzanello Carrascoza

Paulo C. Thomaz (UnB)
A sombra da ausência: o extravio e a subtração na narrativa de Michel Laub

Mediação: Jefferson Agostini Mello
           
Intervalo

16h30 às 18h30 – Auditório do Instituto de Letras – Reunião de trabalho dos professores: Projetos de pesquisa; cooperação entre as instituições universitárias do Brasil, da Argentina, dos Estados Unidos e da Europa; publicações; encontros internacionais; convênios; intercâmbios e cotutelas.

16h30 às 18h30 – Sala BT 072 (ICC) – Reunião de trabalho dos estudantes: Publicação dos anais; outras publicações; organização do próximo Fórum; participação nos colóquios realizados no exterior.

Quarta-feira, 5 de novembro de 2014

8h: Abertura do Fórum dos Estudantes

8h30-9h10 Mesa 1
Adélia Mathias (UnB)
Será que um dia vai mudar? A violência segundo escritoras dos Melhores Contos dos Cadernos Negros

Dalva Martins de Almeida (UnB)
Abordagens de gênero e etnia na perspectiva da literatura infantil contemporânea

Maria Aparecida Cruz de Oliveira (UnB)
O ideal da infância em Conceição Evaristo

Mediação: Laeticia Jensen Eble

9h10-10h Mesa 2
Wilma dos Santos Coqueiro (UEM)
Poéticas do deslocamento: representações de identidades femininas no bildungsroman de autoria feminina contemporâneo

Pollianna de Fátima Santos Freire (UnB)
A representação da conjugalidade em narrativas da literatura brasileira contemporânea

Marcia Valeria Sampaio (UFF)
Gaia Manauara

Alessandra Dalva de Souza Pajolla (UEM)
Encenação de origens na autoria feminina contemporânea: a busca identitária nos romances de filiação

Mediação: Dalva Martins de Almeida

Intervalo

10h20-11h Mesa 3
Aline Paiva de Lucena (UnB)
Entre carnes e ossos: a representação de corpos femininos na coleção Amores Extremos

Joyce Luciane Correia Muzi (UEM-IFPR)
Imagens da professora na literatura de autoria feminina contemporânea: permanências e mudanças

Elizangela Maria dos Santos (UFBA)
Escrita sem fronteira: leitura da produção literária de Verônica Stigger

Mediação: Polliana de Fátima Santos Freire

11h-12h Mesa 4
Bruna Paiva de Lucena (UnB)
A nossa terra, a nossa vida, a nossa gente: epistemologias poéticas de Patativa do Assaré e Salete Maria da Silva

Charles Dall'Agnol (PUC-RS)
Ryoki Inoue, Fausto Fawcett e a literatura brasileira contemporânea pulp

Vanessa Zucchi (PUC-RS)
A literatura erótica brasileira contemporânea: rupturas e silenciamentos

Laeticia Jensen Eble (UnB)
A ancestralidade e o contemporâneo: disputa pelo real em poemas da literatura marginal/periférica

Mediação: Gabriel Estides Delgado

Almoço

14h-15h00 Mesa 5
Camila Gonzatto (PUC-RS)
A cidade-em-que-o-muro-já-caiu: a cidade e seus percursos

Thais de Carvalho Sabino (UFF)
Passageiro do fim do dia, de Rubens Figueiredo: cidade fragmentada

David de Sousa Alves Raposo (UnB)
Figurações do espaço estrangeiro na coleção Amores Expressos

Rodrigo de Böer Trujillo (PUC-RS)
Solidão na multidão: apontamentos sobre identidade e cidade em Solidão Continental de João Gilberto Noll

Mediação: Larissa Silva Nascimento

15h-15h30 Mesa 6

Maurin de Souza (PUC-RS)
"K", de Bernardo Kucinski, e o porquê de ainda se falar em ditadura militar

Amanda da Silva Oliveira (PUC-RS)
A personagem no romance latino-americano: mapeamentos iniciais

Mediação: Adélia Mathias

Intervalo

16h-16h40 – Mesa 7
Igor de Albuquerque (UnB)
Das portas que Márcia Denser abriu nos anos oitenta

Milton Colonetti (PUC-RS)
A margem do privilégio: diálogos entre Desterro (Ferréz e Demaio) e Cachalote (Daniel Galera e Rafael Coutinho)

Vinícius Carneiro e Caio Yurgel (PUC-RS)
Um projeto civilizatório no romance brasileiro contemporâneo: o estudo de três casos

Mediação: Bruna Paiva de Lucena

16h40-17h20 – Mesa 8
Gabriel Estides Delgado (UnB)
A trama da desigualdade: relações de classes na literatura brasileira contemporânea

Reginaldo Pujol Filho (PUC-RS)
Só Faltou o Título: a criação de um romance contemporâneo brasileiro para pensar o zé-ninguém, o personagem escritor e a ideia de real

Débora Marques Noll (PUC-RS)
Divórcio, de Ricardo Lísias, em uma só voz

Mediação: Maria Aparecida Cruz de Oliveira

Pôsteres
Fernanda Serafim Alves (UnB)
Quem escreve o romance brasileiro contemporâneo

Débora Molina (UFBA)
Literatura contemporânea: uma literatura menor?

Giordana Maria Bonifácio Medeiros (UnB)
Migração e literatura nas obras da coleção Amores Expressos

Nelson Flávio M. Oliveira (UNIFESP)
A construção do feminino e a busca pelo pertencimento na escrita de Adriana Lisboa e Daniel Galera

Vanessa Cajá (UnB)
As mulheres no inferno: a representação das personagens femininas em Inferno provisório, de Luiz Ruffato

Daniela Alves de Morais (UnB)
O deslocamento das personagens femininas no espaço urbano do romance brasileiro contemporâneo

Nara Andejara Gomes do Vale (UnB)
Deslocamentos na construção do espaço nos romances de Adriana Lisboa: a relação entre literatura e outras artes

Gabriela Fonseca Tofanelo (UEM)
A construção das personagens no romance de autoria feminina contemporânea: Letícia Wierzchowski

Priscila Cristina Cavalcante Oliveira (UnB)
Relações entre mães e filhas no romance brasileiro contemporâneo

Adrielle dos Santos Bergamasco (UEM)
A representação do amor, do corpo e da sexualidade na construção da identidade feminina na coleção Amores extremos, da Editora Record