21 de agosto de 2014

I JORNADA DE ESTUDOS SOBRE LITERATURA INFANTIL E INFÂNCIA
Representação e visibilidade
Universidade de Brasília, 4 de setembro de 2014

Qual é o lugar da infância na produção literária contemporânea? Onde se encontra a literatura infantil no campo literário? Por ser voltada para o público infantil é uma produção literária menor? Em meio ao debate sobre a emergência dos espaços de voz, cabe questionar o conceito sociocultural de infância que a literatura reproduz. Para tanto, a I jornada de estudos sobre literatura infantil e infância: representação e visibilidade reúne pesquisadoras(es) que discutem a relevante trajetória da literatura infantil/juvenil como produto cultural da humanidade e a abordagem conceitual da infância espelhada na literatura brasileira. Assim, a costura dessa polaridade será dada pelo diálogo em torno de temas como representação, visibilidade, identidade e autoria.

Informações:
Data: 4 de setembro de 2014
Horário: 8h às 12h e 14 às 19h
Local: Auditório do Instituto de Letras, ICC Sul, Subsolo, sala 99
Vagas para ouvintes: 100
Inscrições gratuitas pelo formulário disponível em: http://goo.gl/CrBmnI
Informações: seminariosgelbc@gmail.com
Programação completa em nosso blog ou no site do GELBC

Coordenação:
Anderson da Mata
Comissão Organizadora: 
Dalva Martins de Almeida, Maria Aparecida Cruz de Oliveira
Equipe de Apoio: 

Elizabete Barros, Gabriel Estides Delgado, Laeticia Jensen Eble, Lemuel Gandara
Organização: Grupo de Estudos em Literatura Brasileira Contemporânea – UnB
Apoio: Departamento de Teoria Literária e Literaturas – UnB

PROGRAMAÇÃO
8h às 12h  Conferência/Comunicações

Recepção – 8h

Abertura – 8h30

Mesa 1 – 8h40 às 9h45
Vera Tietzmann (UFG) – O livro infantil, o leitor e o mercado: de Lobato até agora
MediaçãoGislene Maria Barral Lima Felipe da Silva (UnB)

Intervalo: 9h45 às 10h

Mesa 2 – 10h às 12h
Cíntia Schwantes (UnB) – Um copo vazio está cheio de ar: Copo vazio como Bildungsroman
Paula Fabrísia Fontenele (UnB) – As bruxas nos contos de fadas franceses
Dalva Martins de Almeida (UnB) – A menina negra que vejo no espelho
Poliana Queiroz Borges (UFG) – Memórias da escuridão: a morte entre as pausas de Beethoven
Mediação  Lorena Sales dos Santos (UnB)

14h30 às 16h  Conferência/ comunicações

Mesa 1 – 14h às 14h50
Mirian Hisae Yaegashi Zappone (UEM) – Literatura e letramentros: os adolescentes e o mundo da leitura
Mediação  Cíntia Schwantes (UnB)

Mesa 2 – 14h 50 às 16h15
Ana Cláudia da Silva (UnB) – O cão que ladra também morde: representação da infância em Luís Bernardo Honwana e Ondjaki
Douglas Rodrigues de Sousa (UnB) – Giros, cores e sons
Rosa Alda Souza de Oliveira (UnB) – A representação da infância e nação na poesia de Tony Tcheka
Mediação – Anderson Luís Nunes da Mata (UnB)

Intervalo  16h15 às 16h30

Mesa 3 – 16h30 às 17h20
Maria Aparecida Cruz de Oliveira (UnB) – Memória e esperança: imagens da infância em Ponciá Vicêncio e Becos da Memória
Anderson da Mata (UnB) – Infância: tema, conceito e poética
Mediação – Luciana Teixeira (UnB)

Mesa 4 – 17h20 às 18h30
Elizabeth Hazin (UnB) – Os livros e a leitura do mundo
Kiusam de Oliveira (USP) – (Des)Construindo as identidades negras na literatura infanto-juvenil: caminhos  possíveis
Mediação –  Dalva Martins de Almeida (UnB)
Encerramento – 18h30

Sobre as(os) participantes
Ana Cláudia da Silva é professora de literatura da Universidade de Brasília. É membro do Grupo de Pesquisa "Mayombe: Literatura, História e Sociedade", do Grupo de Trabalho "Teorias da Narrativa", da ANPOLL, e da Cátedra Agostinho da Silva.
Anderson da Mata é professor de teoria da literatura da Universidade de Brasília. Desenvolve pesquisas sobre representação na narrativa brasileira contemporânea, discurso, infância e nação. 
Cintia Schwantes é professora de literaturas em língua inglesa da Universidade de Brasília. Trabalha com estudos de gênero, literaturas de língua inglesa e romance de formação.
Dalva Martins de Almeida é mestranda em literatura na Universidade de Brasília e tem como objeto de pesquisa a representação de meninas negras na literatura infantil contemporânea.
Douglas Rodrigues de Sousa é doutorando em literatura na Universidade de Brasília, desenvolvendo projeto sobre a participação do negro/a na cultura de massa televisiva. 
Elizabeth Hazin é professora de literatura brasileira da Universidade de Brasília. Também é autora de poesia e de literatura infantil.
Kiusam Oliveira é doutora em Educação e autora dos livros Omo-Oba: histórias de princesas (Mazza, 2009) e O mundo no black power de Tayó (Peirópolis, 2013), entre outros.
Maria Aparecida Cruz de Oliveira é mestranda em Literatura na Universidade de Brasília e realiza pesquisa sobre a representação da infância nos romances de Conceição Evaristo.
Mirian Hisae Yaegashi Zappone é professora de literatura da Universidade Estadual de Maringá e estuda questões relacionadas ao ensino de literatura e literatura infantojuvenil brasileira.
Paula Fabrísia Fontenele é doutoranda em Literatura na Universidade de Brasília e trabalha com literatura francesa, literatura infantojuvenil e relações entre Literatura e História.
Polyana Queiroz Borges é mestranda em Estudos Literários na Universidade Federal de Goiás.
Rosa Alda Souza de Oliveira é mestranda em Literatura na Universidade de Brasília e realiza pesquisa sobre a formação literária da Guiné-Bissau.
Vera Tietzmann é professora titular de literatura da Universidade Federal de Goiás, atuando principalmente com questões ligadas à leitura e à literatura infantil.







 
Departamento de 
Teoria Literária e Literaturas

I JORNADA DE ESTUDOS SOBRE LITERATURA INFANTIL E INFÂNCIA: representação e visibilidade

(clique para ampliar)

11 de agosto de 2014

Revista Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea

Chamadas para artigos - 2015
CALL FOR PAPERS
Revista Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea

Publicada pelo Grupo de Estudos em Literatura Brasileira Contemporânea da Universidade de Brasília, a revista tem o compromisso de fomentar o debate crítico sobre a literatura contemporânea produzida no Brasil, em suas diferentes manifestações, a partir dos mais diversos enfoques teóricos e metodológicos, com abertura para o diálogo com outras literaturas, em especial da América Latina.

Revista 45 (1º/2015)
Seção temática: A infância na literatura
A revista Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea está recebendo artigos e resenhas para a edição de janeiro-junho de 2015.
O número 45 trará uma seção temática sobre A infância na literatura
Este dossiê propõe a reflexão sobre as representações da infância na literatura brasileira contemporânea, considerando as obras dirigidas ao público em geral, bem como ao infantojuvenil. Serão aceitos artigos que: i) discutam o conceito de infância, em sua abordagem socio-histórica ou filosófica, e sua relação com a literatura brasileira contemporânea; ii) analisem a representação da infância e/ou de personagens infantis em obras da literatura brasileira contemporânea; iii) reflitam sobre a relação da criança com processos de produção, circulação e recepção das obras da literatura brasileira contemporânea.
Dossiê proposto por Mirian Hisae Yaegashi Zappone (UEM) e Anderson da Mata (UnB).
O prazo final para o envio de artigos para a seção temática do nº 45 é 10 de setembro de 2014.

Revista 46 (2º/2015)
Seção temáticaLiteratura e Novas Mídias
A revista Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea está recebendo artigos e resenhas para a edição de julho-dezembro de 2015.
O número 46 trará uma seção temática sobre Literatura e Novas Mídias
Este dossiê propõe a reflexão acerca de como o contexto digital e as novas mídias têm possibilitado outras perspectivas para a abordagem e a compreensão da literatura, entendida como disciplina, e do literário, entendido como dimensão sociocultural mais ampla. Serão aceitos artigos que: i) reflitam, a partir das múltiplas abordagens teóricas possíveis, sobre conceitos como autoria, recepção, leitura, circulação, valor e suporte nesse contexto digital; ii) analisem obras específicas não impressas ou impressas que mantenham relação temática e/ou formal com o referido contexto; e iii) discutam o alcance das novas mídias no redimensionamento da escrita e da leitura literárias.
Dossiê proposto por Rejane Cristina Rocha (UFSCar).
O prazo final para o envio de artigos para a seção temática do nº 46 é 10 de novembro de 2014.

A revista conta também com uma seção de tema livre, onde são publicados artigos de diversas abordagens sobre a literatura brasileira contemporânea. Há ainda espaço para resenhas de obras de ficção, poesia, crítica literária e teoria literária publicadas nos últimos 24 meses.

As colaborações para as seções de tema livre e de resenhas são recebidas em fluxo contínuo.

As normas para publicação estão disponíveis em: http://goo.gl/pESlS6

Os artigos e resenhas devem ser enviados para: revistaestudos@gmail.com

Cordialmente,
A Comissão Editorial
Revista Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea
Nossos canais: 
Revista no SEER - Scielo Site - Facebook - Twitter - Blog

16 de julho de 2014

VI Simpósio Internacional sobre Literatura Brasileira Contemporânea

Inscrição para ouvintes: http://goo.gl/hmbEbn
Haverá emissão de certificado para quem tiver presença em 75% das atividades. 

Brasília – Universidade de Brasília – 2 a 5 de novembro de 2014
Local: Auditório do Instituto de Letras

http://gelbcunb.blogspot.com.br/2014/06/vi-simposio-internacional-sobre.html


Caderno de resumos: http://goo.gl/xGJu3n

25 de junho de 2014

                               Colored people, Carrie Mae Weens
II JORNADA DE LITERATURA AFRO-BRASILEIRA CONTEMPORÂNEA
Espaços de visibilidade da representação negra
Universidade de Brasília, 25 de agosto de 2014.

Entre o racismo estrutural e a permanência do discurso da “democracia racial”, as populações negras brasileiras buscam construir formas de falar de si e do mundo. Nas últimas duas décadas, verificou-se um aumento de visibilidade da representação negra na sociedade brasileira – seja nos meios de comunicação de massa, seja nas artes, na música e na literatura, seja no campo acadêmico – e o questionamento de seu caráter “marginal” diante das formas de expressão dominantes. A II Jornada de Literatura Afro-Brasileira Contemporânea reúne escritoras(es) e pesquisadoras(es) que discutem as manifestações contemporâneas da literatura negra no Brasil, abrindo um espaço de diálogo para tratar dos problemas da autoria, da perspectiva, da linguagem e da recepção.

Informações:
Data: 25 de agosto de 2014
Horário: 8h30 às 12h e 14h30 às 18h
Local: Auditório do Instituto de Letras, ICC Sul, Subsolo, sala 99
Lançamento de livros: C’est si bon, na 213 Norte, Bloco A

Inscrições gratuitas pelo formulário disponível em: http://goo.gl/cQgxoM
Vagas para ouvintes: 100
Haverá emissão de certificado mediante participação em 75% das atividades.

Informações: seminariosgelbc@gmail.com
Programação completa em nosso blog ou no site do GELBC.

Coordenação:
Regina Dalcastagnè

Comissão Organizadora:
Adélia Mathias, Andressa Marques, Dalva Martins, Maria Aparecida Cruz de Oliveira e Laeticia Jensen Eble

Monitoras: Daniela Alves de Morais, Fernanda Serafim Alves, Priscila Cristina Cavalcante Oliveira, Vanessa Pereira Cajá Alves

Organização:
Grupo de Estudos em Literatura Brasileira Contemporânea – UnB

Apoio:
Departamento de Teoria Literária e Literaturas – UnB 

PROGRAMAÇÃO

8h30 às 12h
Conferências
            
Abertura – 8h30

Mesa 1 – 8h40 às 9h40
Michel Yakini Tranças e distâncias entre literatura periférica e literatura negra
Cidinha da Silva Uma escrita negra como o jazz
Mediação: Igor Ximenes Graciano

Mesa 2 – 10h às 11h
Ana Maria Gonçalves Como dizer o que foge à palavra?
Mediação: Virgínia Maria Vasconcelos Leal

Mesa 3 – 11h às 12h
Eduardo de Assis Duarte O romance afro-brasileiro e a tradição negrista
Mediação: Ana Cláudia da Silva

14h30 às 16h
Pesquisas na Universidade de Brasília

Mesa 1 – 14h30 às 15h10
Andressa Marques As relações afetivas das mulheres negras em Becos da memória e Ponciá Vicêncio, de Conceição Evaristo
Norma Diana Hamilton A ancestralidade feminina e maternal em Ponciá Vicêncio de Conceição Evaristo
Adélia MathiasPerspectiva dissonante: a autoria de mulheres nos contos dos Cadernos Negros
Mediação: Pollianna Freire

Mesa 2 – 15h10 às 15h40
Dalva Martins Identidade e visibilidade da menina negra na literatura infantil contemporânea
Maria Aparecida Cruz de OliveiraO espaço da infância na literatura afro-brasileira
Mediação: Gabriel Estides Delgado

Mesa 3 – 16h às 16h30
Maria Cristina Maciel Marques Vidas à margem: relações de gênero, raça e espaço na narrativa afro-brasileira contemporânea
Laeticia Jensen EbleA ancestralidade como estratégia de reconhecimento em poemas da literatura marginal/periférica
Mediação: Camila Godinho

16h40 às 18h
Mesa sobre Carolina Maria de Jesus

Germana Henriques Pereira Pedaços da fome: Carolina Maria de Jesus romancista
Elzira Divina PerpétuaO sequestro da poesia de Quarto de Despejo
Regina Dalcastagnè Para não ser trapo no mundo: mulheres negras e a cidade
Mediação: Gislene Maria Barral Lima Felipe da Silva

18h30
Lançamento de livros (C’est si bon, na 213 Norte, Bloco A)

Onde estaes felicidade?, de Carolina Maria de Jesus (org. de Dinha e Raffaella Fernandez - Me Parió Revolução e Ciclo Contínuo Editorial)
A vida escrita de Carolina Maria de Jesus, de Elzira Divina Perpétua (editora Nandyala),
Literatura afro-brasileira: 100 autores do século XVIII ao XXI (editora Pallas), coordenação de Eduardo de Assis Duarte (editora Pallas)
Literatura afro-brasileira: abordagens na sala de aula, coordenação de Eduardo de Assis Duarte (editora Pallas)
Racismo no Brasil e afetos correlatos, de Cidinha da Silva (Conversê Edições)
Baú de miudezas, sol e chuva, de Cidinha da Silva (Mazza Edições)
Crônicas de um peladeiro, de Michel Yakini (Elo da Corrente Edições)

Sobre as(os) convidadas(os)

Ana Maria Gonçalves atuou como publicitária até passar a se dedicar integralmente à literatura. Estreou como escritora em 2002, com o lançamento de Ao lado e à margem do que sentes por mim. Em 2006, publicou Um defeito de cor, romance que ganhou o Prêmio Casa de Las Américas e a projetou na carreira de escritora. Depois de morar alguns anos em New Orleans, atualmente, vive em Salvador, onde se dedica a seu novo romance.
Cidinha da Silva  é escritora, autora de livros de ficção e não ficção. Recentemente, publicou, entre outros, Os nove pentes d’África (2012) e Oh, Margem! Reinventa os rios (2011), ambos infantojuvenis, e Racismo no Brasil e afetos correlatos (2013), uma coletânea de crônicas. Historiadora de formação, foi também presidenta do Geledés Instituto da Mulher Negra (2000-2002).
Eduardo de Assis Duarte é doutor em Teoria da Literatura e Literatura Comparada pela USP. Aposentado em 2005, atualmente atua como professor colaborador do Programa de Pós-graduação em Letras: Estudos Literários da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Participa do Núcleo de Estudos Interdisciplinares da Alteridade NEIA, além de coordenar o grupo de pesquisa Afrodescendências na Literatura Brasileira (CNPq) e o Portal da Literatura Afro-brasileira Literafro, que reúne informações biobibliográficas, críticas e excertos de mais de cem autores (www.letras.ufmg.br/literafro).
Elzira Divina Perpétua é doutora em Estudos Literários pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), tendo defendido a tese intitulada Traços de Carolina de Jesus: gênese, tradução e recepção de Quarto de Despejo. Atualmente é professora da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP). Desenvolve pesquisas sobre literatura brasileira e representação, com projetos voltados para a figuração do negro, do índio e da mulher na literatura brasileira.
Germana Henriques Pereira é doutora em Teoria Literária pela Universidade de Brasília (2004) onde atualmente atua como professora junto ao Departamento de Línguas Estrangeiras e Tradução. É coordenadora do Grupo de Trabalho Estudos da Tradução, da ANPOLL (Associação Nacional dos pesquisadores em Letras e Linguística) e editora-chefe da revista eletrônica Belas Infiéis, ligada ao Programa de Pós-Graduação da UnB.
Michel Yakini é escritor e produtor cultural. Publicou Desencontros (contos, 2007) e Acorde um verso (poesia, 2012). É cofundador do Coletivo Literário Sarau Elo da Corrente e atuante no movimento de literatura das periferias de São Paulo. Atualmente é representante Regional da Fundação Cultural Palmares em São Paulo e colunista do jornal Brasil de Fato (versão on-line).
Regina Dalcastagnè é professora titular de literatura brasileira da Universidade de Brasília e pesquisadora do CNPq. Coordena o Grupo de Estudos em Literatura Brasileira Contemporânea e edita a revista Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea. Trabalha com a representação e a autorrepresentação de grupos marginalizados na literatura brasileira contemporânea. Publicou os livros Literatura Brasileira Contemporânea: um território contestado (2012) e Entre fronteiras e cercado de armadilhas: problemas da representação na literatura brasileira contemporânea (2005), entre outros.

Sobre as pós-graduandas

Adélia Mathias é mestranda em literatura pela UnB e trabalha com literatura brasileira contemporânea de autoras negra​s. Em sua pesquisa de mestrado, analisa especialmente contos dos Cadernos Negros.
Andressa Marques é mestre em literatura pela UnB e desenvolve pesquisas sobre raça e gênero na literatura. Em 2013 defendeu a dissertação Por uma promessa de vida mais viva: relações afetivas de mulheres negras no rap e romance brasileiro contemporâneo.
Dalva Martins é mestranda em literatura pela UnB e ​tem como objeto de pesquisa a representação d​e meninas​ negra​s na literatura infantil contemporânea.
Laeticia Jensen Eble é mestre e doutoranda em literatura pela UnB, onde desenvolve pesquisas sobre literatura brasileira contemporânea. Em sua tese de doutorado, trabalha com autores da literatura marginal/periférica ligados ao movimento hip-hop.​
Maria Aparecida Cruz de Oliveira é mestranda em literatura pela UnB e realiza pesquisa sobre a representação da infância nos romances de Conceição Evaristo.
Maria Cristina Maciel Marques é mestranda em literatura pela UnB​ e pesquisa sobre narrativa afro-brasileira contemporânea sob a perspectiva de​ gênero, raça e espaço.
​​Norma Diana Hamilton é mestre em linguística aplicada pela UnB e doutoranda em literatura na mesma instituição. ​Sua pesquisa envolve a representação de mulheres negras na literatura inglesa e brasileira.

       
Departamento de 
Teoria Literária e Literaturas


Andrew Wyeth


VI simpósio internacional sobre literatura brasileira contemporânea
Universidade de Brasília, 2 a 5 de novembro de 2014                                                                       
VI SIMPÓSIO INTERNACIONAL SOBRE LITERATURA BRASILEIRA CONTEMPORÂNEA: LUGARES E DISPUTAS

O VI Simpósio Internacional sobre Literatura Brasileira Contemporânea dá continuidade aos trabalhos de pesquisa realizados pelo Grupo de Estudos em Literatura Brasileira Contemporânea acerca das relações entre literatura e sociedade, os procedimentos de representação e autorrepresentação de grupos marginalizados e a emergência de novos parâmetros críticos. Ao reunir professores/as e estudantes de diferentes instituições nacionais e internacionais, o encontro se constitui em um ambiente privilegiado para a discussão de aspectos relevantes da literatura atual, especialmente no que diz respeito aos espaços ocupados ou disputados pela produção contemporânea. Este VI simpósio, portanto, colocará em debate os diferentes “lugares” e as variadas “disputas” da literatura brasileira – desde aqueles constituídos no interior das narrativas, até os que se estabelecem “do lado de fora”, ou seja, o lugar que o nosso romance ocupa no mercado editorial, nos processos educacionais, no campo literário brasileiro e, mesmo, internacional. Também serão abordados o lugar de fala do/a escritor/a e do/a narrador/a, a identificação do/a leitor/a com os espaços da narrativa e os variados recursos da escrita para evocar uma ideia de lugar, entre outras questões pertinentes ao tema.

Local: Auditório do Instituto de Letras

Inscrição para ouvintes: http://goo.gl/hmbEbn
Haverá emissão de certificado para quem tiver presença em 75% das atividades. 

Coordenação geral: Regina Dalcastagnè (UnB)

Coordenação do Fórum dos Estudantes: Bruna Paiva de Lucena, Gabriel Estides Delgado e Laeticia Jensen Eble

Comissão de organização: Anderson Luís Nunes da Mata, Gislene Maria Barral Lima Felipe da Silva, Igor Ximenes Graciano, Maria Isabel Edom Pires, Paulo C. Thomaz, Virgínia Maria Vasconcelos Leal
Comitê científico: Carmen Villarino Pardo (Universidade de Santiago de Compostela), Georg Wink (Universidade de Copenhague), José Leonardo Tonus (Universidade de Paris-Sorbonne), Leila Lehnen (Universidade do Novo México), Lúcia Osana Zolin (UEM), Lucía Tennina (Universidade de Buenos Aires), Luciene Almeida de Azevedo (UFBA), Ricardo Barberena (PUC-RS)

Comissão de apoio: Adélia Mathias, Dalva Martins, Maria Aparecida Cruz de Oliveira, Pollianna Freire

Monitoras/es: Fernanda Serafim Alves, Isadora Maria Santos Dias, Marcos Eduardo Lopes Rocha, Maria Manuela Bessa Cury, Nara Andejara Gomes do Vale, Priscila Cristina Cavalcante Oliveira, Waldson Gomes de Souza

Organização: Grupo de Estudos em Literatura Brasileira Contemporânea

Apoio: Departamento de Teoria Literária e Literaturas da UnB

PROGRAMAÇÃO PROVISÓRIA

Domingo, 2 de novembro de 2014

18h30 – Recepção dos participantes

Segunda-feira, 3 de novembro de 2014

8h30 – Abertura

9h-10h – Mesa 1

Florencia Garramuño (Universidad de San Andrés, Argentina)
Romance, narrativa, obsolescência

Roberto Vecchi (Universitá di Bologna)
O lugar da vítima na escrita contemporânea

Mediação: Anderson Luís Nunes da Mata

Intervalo

10h20-11h20 – Mesa 2

José Leonardo Tonus (Université Paris-Sorbonne)
Picando a mula: o espaço transnacional na literatura brasileira contemporânea

Regina Dalcastagnè (UnB)
Como folhas espalhadas pelo vento: o local na literatura brasileira contemporânea

Mediação: Paulo C. Thomaz

11h10-12h10 – Mesa 3

Leila Lehnen (University of New Mexico)
Literatura como espaço da democracia na obra de Ademiro Alves (Sacolinha)

Gislene Maria Barral Lima Felipe da Silva (Secretaria de Educação do DF)
Muito além das grades: a escrita como libertação em Às cegas, de Luiz Alberto Mendes

Mediação: Edma Cristina de Góis

Almoço

14h30-15h50 – Mesa 4

Lucía Tennina (Universidad de Buenos Aires)
Escritas da margem: tensão entre o “escritor” e o “outro”

Rejane Pivetta de Oliveira (UniRitter)
Lugares críticos e deslocamentos do marginal na literatura brasileira contemporânea

Luciene Almeida de Azevedo (UFBA)
Os dilemas do escritor em busca de uma assinatura

Mediação: Lúcia Osana Zolin

Intervalo

16h-17hMesa 5

Jefferson Agostini Mello (USP)
Literatura e crítica literária na contemporaneidade: co-autorias de um autopúblico

Paloma Vidal (UNIFESP)
Modos de pensar o "entre": sobre alguns temas em Silviano Santiago

Mediação: Ricardo Barberena

17h-18h – Mesa 6

Edma Cristina de Góis (UnB)
Espaços híbridos e dicção contemporânea em Menino oculto, de Godofredo de Oliveira Neto

Susana Moreira de Lima (Secretaria de Educação do DF)
Mesmo tom narrativo, em diferentes tempos e espaços

Mediação: Luciene Almeida de Azevedo

18h30 Lançamentos de livros

Local: C’est si bon, na 213 Norte, Bloco A, Loja 9

Terça-feira, 4 de novembro de 2014

8h30-9h30 – Mesa 7

Luis Alberto Brandão (UFMG)
Dos espaços literários aos transdisciplinares

Anderson Luís Nunes da Mata (UnB)
Da traição: a mentira como representação/a escrita como vingança

Mediação: Igor Ximenes Graciano

9h30-10h50 – Mesa 8

Sandra Regina Goulart de Almeida (UFMG)
Geografias afetivas, lugares identitários na literatura contemporânea

Cláudia de Lima Costa (UFSC)
Geo-cosmo-políticas: reflexões para a crítica feminista

Virgínia Maria Vasconcelos Leal (UnB)   
Literatura brasileira contemporânea e teorias feministas na sala de aula: algumas notas    

Mediação: Sophia Beal

Intervalo

11h10-12h10 – Mesa 9

Lúcia Osana Zolin (UEM)
O lugar da mulher no romance contemporâneo de mulheres

Jeremy Lehnen (University of New Mexico)
O jogo bonito como espaço da masculinidade em questão: O paraíso é bem bacana, de André Sant’Anna

Mediação: Rejane Pivetta de Oliveira

Almoço

14h-15hMesa 10

Maria Isabel Edom Pires (UnB)
Cenas de leitura, cenas da cidade: Buenos Aires e a literatura em Cordilheira, de Daniel Galera

Sophia Beal (University of Minnesota)
Espaços personalizados na literatura de Brasília

Mediação: Luis Alberto Brandão

15h-16hMesa 11

Ricardo Barberena (PUCRS)
Os estrumes da consciência em As vozes do sótãode Paulo Rodrigues, e Caderno de um ausentede João Anzanello Carrascoza

Paulo C. Thomaz (UnB)
A sombra da ausência: o extravio e a subtração na narrativa de Michel Laub

Mediação: Jefferson Agostini Mello
           
Intervalo

16h20-17h20 Mesa 12

Ângela Maria Dias (UFF)
O lugar do pastiche na literatura brasileira atual: Valencio Xavier e Verônica Stigger

Igor Ximenes Graciano (UnB)
Literatura política e as agruras do pequeno eu: sobre Divórcio, de Ricardo Lísias

Mediação: Maria Isabel Edom Pires

17h20 às 19h – Reunião de trabalho dos professores: Projetos de pesquisa; cooperação entre as instituições universitárias do Brasil, da Argentina, dos Estados Unidos e da Europa; publicações; encontros internacionais; convênios; intercâmbios e cotutelas.

17h20 às 19h – Reunião de trabalho dos estudantes: Publicação dos anais; outras publicações; organização do Fórum de 2015; participação nos colóquios realizados no exterior.

Quarta-feira, 5 de novembro de 2014

8h: Abertura do Fórum dos Estudantes

8h30-9h10 Mesa 1

Adélia Mathias (UnB)
Será que um dia vai mudar? A violência segundo escritoras dos Melhores Contos dos Cadernos Negros

Dalva Martins de Almeida (UnB)
Abordagens de gênero e etnia na perspectiva da literatura infantil contemporânea

Maria Aparecida Cruz de Oliveira (UnB)
O ideal da infância em Conceição Evaristo

Mediação: Laeticia Jensen Eble

9h10-10h Mesa 2

Wilma dos Santos Coqueiro (UEM-ENESPAR)
Poéticas do deslocamento: representações de identidades femininas no bildungsroman de autoria feminina contemporâneo

Pollianna de Fátima Santos Freire (UnB)
A representação da conjugalidade em narrativas da literatura brasileira contemporânea

Marcia Valeria Sampaio (UFF)
Gaia Manauara

Alessandra Dalva de Souza Pajolla (UEM-ENESPAR)
Encenação de origens na autoria feminina contemporânea: a busca identitária nos romances de filiação

Mediação: Dalva Martins de Almeida

Intervalo

10h20-11h Mesa 3

Aline Paiva de Lucena (UnB)
Entre carnes e ossos: a representação de corpos femininos na coleção Amores Extremos

Joyce Luciane Correia Muzi (UEM-ENESPAR)
Imagens da professora na literatura de autoria feminina contemporânea: permanências e mudanças

Elizangela Maria dos Santos (UFBA)
Escrita sem fronteira: leitura da produção literária de Verônica Stigger

Mediação: Polliana de Fátima Santos Freire

11h-11h50 Mesa 4

Bruna Paiva de Lucena (UnB)
A nossa terra, a nossa vida, a nossa gente: epistemologias poéticas de Patativa do Assaré e Salete Maria da Silva

Charles Dall'Agnol (PUC-RS)
Ryoki Inoue, Fausto Fawcett e a literatura brasileira contemporânea pulp

Vanessa Zucchi (PUC-RS)
A literatura erótica brasileira contemporânea: rupturas e silenciamentos

Laeticia Jensen Eble (UnB)
A ancestralidade e o contemporâneo: disputa pelo real em poemas da literatura marginal/periférica

Mediação: Gabriel Estides Delgado

Almoço

14h-14h40 Mesa 5

Camila Gonzatto (PUC-RS)
A cidade-em-que-o-muro-já-caiu: a cidade e seus percursos

Thais de Carvalho Sabino (UFF)
Passageiro do fim do dia, de Rubens Figueiredo: cidade fragmentada

David de Sousa Alves Raposo (UnB)
Figurações do espaço estrangeiro na coleção Amores Expressos

Mediação: Larissa Nascimento

14h40-15h10 Mesa 6

Larissa Nascimento (UnB)
O corpo violado no espaço plástico: mobilidades contemporâneas em Chico Buarque e João Gilberto Noll

Rodrigo de Böer Trujillo (PUC-RS)
Solidão na multidão: apontamentos sobre identidade e cidade em Solidão Continental de João Gilberto Noll

Mediação: Aline Paiva de Lucena

15h10-15h50 – Mesa 7

Maurin de Souza (PUC-RS)
"K", de Bernardo Kucinski, e o porquê de ainda se falar em ditadura militar

Amanda da Silva Oliveira (PUC-RS)
A personagem no romance latino-americano: mapeamentos iniciais

Fernanda Borges (PUC-RS)
A sociedade do espetáculo e a era da imagem em Rremembranças da menina de rua morta nua, de Valêncio Xavier

Mediação: Adélia Mathias

Intervalo

16h10-16h50 – Mesa 8

Igor de Albuquerque (UnB)
Das portas que Márcia Denser abriu nos anos oitenta

Milton Colonetti (PUC-RS)
A margem do privilégio: diálogos entre Desterro (Ferréz e Demaio) e Cachalote (Daniel Galera e Rafael Coutinho)

Vinícius Carneiro e Caio Yurgel (PUC-RS)
Um projeto civilizatório no romance brasileiro contemporâneo: o estudo de três casos

Mediação: Bruna Paiva de Lucena

16h50-17h30 – Mesa 9

Gabriel Estides Delgado (UnB)
A trama da desigualdade: relações de classes na literatura brasileira contemporânea

Reginaldo Pujol Filho (PUC-RS)
Só Faltou o Título: a criação de um romance contemporâneo brasileiro para pensar o zé-ninguém, o personagem escritor e a ideia de real

Débora Marques Noll (PUC-RS)
Divórcio, de Ricardo Lísias, em uma só voz

Mediação: Maria Aparecida Cruz de Oliveira

Pôsteres

Fernanda Serafim Alves (UnB)
Quem escreve o romance brasileiro contemporâneo

Débora Molina (UFBA)   
Literatura contemporânea: uma literatura menor?

Giordana Maria Bonifácio Medeiros (UnB)
Migração e literatura nas obras da coleção Amores Expressos

Nelson Flávio M. Oliveira (UNIFESP)
A construção do feminino e a busca pelo pertencimento na escrita de Adriana Lisboa e Daniel Galera

Vanessa Cajá (UnB)
As mulheres no inferno: a representação das personagens femininas em Inferno provisório, de Luiz Ruffato

Daniela Alves de Morais (UnB)
O deslocamento das personagens femininas no espaço urbano do romance brasileiro contemporâneo

Nara Andejara Gomes do Vale (UnB)
Deslocamentos na construção do espaço nos romances de Adriana Lisboa: a relação entre literatura e outras artes

Gabriela Fonseca Tofanelo (UEM)
A construção das personagens no romance de autoria feminina contemporânea: Letícia Wierzchowski

Priscila Cristina Cavalcante Oliveira (UnB)
Relações entre mães e filhas no romance brasileiro contemporâneo

Adrielle dos Santos Bergamasco (UEM)
A representação do amor, do corpo e da sexualidade na construção da identidade feminina na coleção Amores extremos, da Editora Record

9 de junho de 2014

Agenda Junho 2014 – Eventos e chamadas para publicação

INSCRIÇÕES EM EVENTOS

12ª Conferência Internacional sobre Representações Sociais, que ocorrerá em São Paulo (Hotel Renaissance), de 20 a 23 de julho de 2014.
Mais informações: http://cirs2014.fcc.org.br/site/

XI Congresso da Associação Internacional de Lusitanistas do Mindelo 2014 – 21 a 25 de julho no Mindelo, sob a responsabilidade da Universidade de Cabo Verde.                                                         
A AIL recebe propostas de comunicações e painéis.                                                                                  
Há bolsas completas de financiamento da viagem.
Mais informações: http://www.unicv.edu.cv/index.php/component/content/article/19-artigos-estaticos/artigos-estaticos/2875-xi-congresso-ial-bolsas

II Congresso Nacional Africanidades e Brasilidades: Culturas e Territorialidades, na Universidade Federal do Espírito Santo - UFES, de 4 a 6 de agosto
Inscrições abertas: http://www.eventos.ufes.br/index.php/CNAB/IICNAB/schedConf/registration
Mais informações: http://www.eventos.ufes.br/index.php/CNAB/IICNAB

3º Colóquio Internacional de estudos linguísticos e literários – CIELLI, dias 27, 28 e 29 de agosto, na Universidade Estadual de Maringá (UEM).
Podem participar dos simpósios, com apresentação de trabalhos, alunos de pós-graduação, professores com graduação e pós-graduação; cada participante poderá inscrever apenas um trabalho (autoria ou coautoria). No caso dos trabalhos em coautoria, serão aceitos apenas dois autores.
Inscrições até 09/05/2014.
Site para inscrição ­– http://www.cielli2014.com.br/.

XII Seminário Internacional de Estudos Literários "Avatares do Folhetim", de 9 a 11 de setembro deste ano na Faculdade de Ciências e Letras de Assis (UNESP).
Mais informações: http://www.assis.unesp.br/#!/pos-graduacao/cursos/letras/sel/pagina-inicial/

3º Encontro de Diálogos: um olhar para a intertextualidade, dias 11, 12 e 13 de setembro, na UNESPAR/Campo Mourão.Para maiores informações, acessem a página do evento:
http://www.fecilcam.br/dialogosliterarios/

XIV Encontro Nacional da ABRALIC, dias 24, 25 e 26 de setembro de 2014, na Universidade Federal do Pará.
Mais informações: http://www.abralic.org.br/

II Colóquio internacional Literatura e Gênero – II CIELG, dias 24, 25 e 26 de setembro, na Universidade Estadual do Piauí, em Teresina. 
Temática: As relações entre gênero, alteridade e poder
Homenagem: escritoras nordestinas
Estrutura:
• 04 Conferências
• 06 Mesas-redondas
• 15 Simpósios: mínimo de 10 participantes e máximo de 20.
• Pôster: inscrição livre
• Sessões de comunicações livres
Informações e envio de trabalhos: http://icilg.uespi.br/

I Congreso Internacional de Narrativa Fantástica – 23, 24 e 25 de outubro de 2014, em Lima, Peru.
Prazo para envio de resumos: 6 de julho de 2014
Mais informações: http://coloquiofanper.blogspot.com.ar/

II Colóquio da AISPEB/II Convegno AISPEB – 29 a 31 de outubro, em Pisa, Itália.
Mais informações: http://aispeb.humnet.unipi.it/?page_id=286 (em italiano e português)

Cuartas Jornadas Internacionales de Investigación y Prácticas – 6 e 7 de novembro, em Bariloche, Argentina
Mais informações: https://sites.google.com/site/grupoeise/4tas-jornadas

Colóquio Internacional Cartografias literárias do Brasil atual: espaços, atores e movimentos sociais. Dias 12 e 13 de novembro, em Rennes (França).
Submissão de comunicações até 15/05
Site: http://bresil2014.sciencesconf.org/

Congresso Internacional "Verba volant? Oralidade, escrita e memória", entre 13 e 15 de novembro na Faculdade de Filosofia de Braga (Portugal).
Mais informações: http://www.braga.ucp.pt/site/custom/template/ucptplfachome.asp?sspageid=1313&lang=1

I Jornadas Nacionales de Humanidades Digitales: Culturas, Tecnologías, Saberes, de 17 a 19 de novembro de 2014, no Centro Cultural General San Martín, ciudad de Buenos Aires.
Prazo final para envio de resumos: 01/08/2014
Mais informações: http://aahd.com.ar/



 CHAMADAS PARA PUBLICAÇÃO

Gragoatá, revista publicada pelos Programas de Pós-Graduação do Instituto de Letras da UFF.
Nº. 37 - Estudos de Literatura e Ensino.
Prazo para submissões: julho de 2014
Os originais podem ser remetidos por e-mail para posling@vm.uff.br, com cópia para pgletras@vm.uff.br.
Mais informações: http://www.uff.br/revistagragoata/

Confluência, periódico semestral do Instituto de Língua Portuguesa do Liceu Literário Português.
N. 46: artigos e resenhas na área dos estudos linguísticos e filológicos em geral.
Prazo para submissões: 15/06/2014
Mais informações: http://llp.bibliopolis.info/confluencia/

Letras & Letras, revista do Instituto de Letras e Linguística da Universidade Federal de Uberlândia.
N. 30: Imaginário, representações literárias e deslocamentos culturais
Prazo para submissões: 15/06/2014
Mais informações: http://www.seer.ufu.br/index.php/letraseletras/index

Terra roxa e outras terras, publicação do Programa de Pós-graduação em Letras da Universidade Estadual de Londrina
Volume 27 - Traços do componente romântico na literatura contemporânea
Prazo de envio dos artigos: 16/06/2014
Mais informações: http://www.uel.br/portal/frm/frmOpcao.php?opcao=http://www.uel.br/pos/letras/terraroxa/

Revista Linguagem & Ensino, periódico científico semestral publicado pelo Programa de Pós Graduação em Letras da Universidade Católica de Pelotas
Tema: Linguagem, Sociedade e Tecnologia
Submissão de artigos: 20/06
Mais informações: http://www.rle.ucpel.tche.br/index.php/rle/index

Revista ECO-PÓS, revista do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Cultura da UFRJ
Próximos números:
Vol.17.2 (2014). Transformações do visual e do visível
Prazo para envio de textos: 20/06
Vol. 17.3 (2014). Comunicação e gosto
Prazo para envio de textos: 19/09
Leia mais em: http://www.pos.eco.ufrj.br/ojs-2.2.2/index.php?journal=revista&page=announcement&op=view&path[0]=1

Palimpsesto, revista do Programa de Pós-Graduação em Letras da UERJ
N. 18: “O humor no universo literário: o riso como instrumento”
N. 19: "O humor da língua"
Prazo para submissões: até 29/06
Normas: http://www.pgletras.uerj.br/palimpsesto/num17/normas/norms.htm
Chamadas: http://www.pgletras.uerj.br/palimpsesto/num17/normas/chamada.htm

Boletim de Pesquisa NELIC, periódico semestral do Núcleo de Estudos Literários & Culturais da UFSC.
N. 21: O que resta do golpe: literatura e crítica, a meio século de 1964
Prazo para submissões: 30/06/2014
Mais informações: https://periodicos.ufsc.br/index.php/nelic/index

Via Atlântica, publicação da Área de Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa da USP
N. 26: Literatura, cultura e juventude
Prazo para submissões: 30/06
Mais informações: http://www.revistas.usp.br/viaatlantica/

Signótica, Revista do Programa de Pós-Graduação em Letras e Linguística da Faculdade de Letras – UFG
Volume 25, número 2, exclusivamente dedicado aos Estudos Linguísticos.
Prazo máximo: 01/07
Submissões apenas pelo site http://www.revistas.ufg.br/index.php/sig, onde estão disponibilizadas as normas de publicação.

Aletria, Revista de Estudos de Literatura (UFMG).
Dossiê: Literatura e Fotografia. Prazo para recebimento de colaborações: 01/07
Diretrizes para autores: http://goo.gl/OhFfuc
Outras informações: http://www.periodicos.letras.ufmg.br/index.php/aletria/index

Scripta Uniandrade, publicação do Curso de Mestrado em Teoria Literária do Centro Universitário Campos de Andrade – UNIANDRADE.
Vol. 12, n. 1: Textualidades memorialísticas
Prazo para envio: 31/07/2014
Vol. 12, n. 2: Releituras contemporâneas do gótico
Prazo para envio: 30/09/2014

Contexto, revista do Programa de Pós-Graduação em Letras da Universidade Federal do Espírito Santo.
N. 2015/1 (Dossiê: Ensino de Literatura e Educação Literária).
N. 2015/2 (Dossiê: Livro, leitura e literatura infantil e juvenil).
Prazo para envio de submissões: 31/07/2014
Mais informações: http://www.literatura.ufes.br/conteudo/chamada-para-revista-contexto-n%C3%BAmeros-de-2015

Desenredo, revista do Programa de Pós-Graduação em Letras da Universidade de Passo Fundo
V. 10, n. 2, jul./dez. 2014: Leitura, produção discursiva e multimodalidade
Prazo para submissões: 08/08
Mais informações: http://www.ppgl.upf.br/index.php?option=com_content&view=article&id=49:chamada-de-trabalhos-revista-desenredo-2012-&catid=1:ultimas-noticias&Itemid=20

FronteiraZ, revista editada pelo Programa de Estudos Literários em Literatura e Crítica Literária da PUCSP.
N. 13: Escritas da/de liberdade: A subversão da literatura pós-ditatorial
Prazo para submissões: 10/08/2014
Mais informações: http://revistas.pucsp.br/fronteiraz

Signo, revista do PPGLetras e do Dep. de Letras da Universidade de Santa Cruz do Sul, RS.
Volume 39, número 67: Linguística cognitiva
Prazo para submissões: 11/08
Mais informações: http://online.unisc.br/seer/index.php/signo

Acta Scientiarum – Language and Culture, revista trimestral da UEM – Universidade Estadual de Maringá.
Recebe artigos para os volumes 37 nº1 e nº2.
Vol. 37/1: jan-mar 2015, na área de literatura, com temática livre, até o dia 15/08/2014.
Vol. 37/2: abr/jun 2015, na área de linguística, com temática livre, até o dia 30/09/2014.
Mais informações: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciLangCult.

Manuscrítica, revista editada em parceria pela direção da Associação de Pesquisadores em Crítica Genética (APCG) e pelo Departamento de Letras Modernas da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da Universidade de São Paulo (USP).
N. 27 - "Crítica genética comparada"
Data limite: 31/08
Mais informações: http://www.revistas.fflch.usp.br/manuscritica

Alea: Estudos Neolatinos, publicação do Programa de Pós-Graduação em Letras Neolatinas, Faculdade de Letras – UFRJ
n 17/1(janeiro/ junho 2015): Jacques Derrida: Relances
Envio até 15/09
n 17/2 (julho/ dezembro 2015): Visões de infância. Relatos da memória e da imaginação
Envio até 15/04/2015
Mais informações: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_serial&pid=1517-106X&lng=en&nrm=iso

Guavira Letras, revista do PPG-Letras Mestrado e Doutorado da UFMS, Câmpus de Três Lagoas
Prazo para submissões:
N. 19: 16/09
N. 20 (Dossiê Literatura e cinema de resistência: os 50 anos do golpe civil-militar de 1964): 16/03/2015
A Guavira Letras publica, além de um Dossiê Temático a cada edição (os temas de 2014 não foram informados), entrevistas com autores (ficcionistas e poetas), professores e estudiosos da literatura, seção com artigos de tema livre e seção de resenhas de obras lançadas nos últimos três anos.
Mais informações: http://www.pgletras.ufms.br/revistaguavira/revista_online.htm

Landa, revista do Núcleo Juan Carlos Onetti de Estudos Literários Latino-americanos, da Universidade Federal de Santa Catarina
2014/2: Antropocentrismo em questão: revisitando a fronteira natureza/cultura
Prazo para submissões: 21/09
Mais informações: http://www.revistalanda.ufsc.br/index.html

Todas as Musas, revista de Literatura e das Múltiplas Linguagens da arte
N. 12: Cem anos da Revista Orpheu
Submissões até: 10/11
Mais informações: http://www.todasasmusas.org/normas.htm

Miguilim, revista Eletrônica do Netlli (Núcleo de Estudos de Teoria Línguística e Literária – NETLLI/DGP-CNPq).
V3 N3 (com previsão de publicação para 31 de dezembro): 15/11/2014
As chamadas não incluem dossiês temáticos, mas os trabalhos submetidos devem estar dentro do seu escopo: Estudos em Literaturas e Teoria da Literatura e Teorias Linguísticas.

Cadernos do Tempo Presente, revista eletrônica trimestral do Grupo de Estudos do Tempo Presente – GET, ligado ao Departamento de História da Universidade Federal de Sergipe.
Aceita artigos e resenhas em fluxo contínuo.
Mais informações: http://www.getempo.org/index.php/revistas