Agenda

Abril 2017


INSCRIÇÕES EM EVENTOS

EVENTOS

COMEMORAÇÃO DOS 20 ANOS DO GELBC (ciclo de debates)

Literatura e periferias, com Meimei Bastos e Michel Yakini. 3 de abril de 2017, 14h30. Auditório do Instituto de Letras, Universidade de Brasília.

Lugares de resistência, com Julián Fuks, Michel Yakini e Natália Borges Polesso. 4 de abril de 2017, 14h30. Auditório do Instituto de Letras, Universidade de Brasília.

A mulher e o sertão na narrativa brasileira contemporânea, com a escritora Micheliny Verunschk e a profª. Juliana Santini (UNESP-Araraquara). 12 de abril de 2017, 14h30. Auditório do Instituto de Letras, UnB.

Simpósio Internacional de Estudos de Línguas e Culturas em Contato
Data: 3 a 5 de maio de 2017.
Local: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Com o tema Territorialidades, Nomadismos, Contatos e Conflitos, o evento busca dar espaço a vozes e discussões acerca daquilo que, de maneira generalizante, costuma-se chamar de estudos de “línguas e culturas em contato” – sendo esta, atualmente, uma das linhas de pesquisa que compõem o Programa de Pós-graduação em Letras Neolatinas (PPGLEN) da UFRJ.

Congresso Internacional “O conto: o cânone e as margens” (UA -KU LEUVEN)
Data:  17 a 19 de maio de 2017
Local:  Departamento de Línguas e Culturas da Universidade de Aveiro 
Organizado em parceria com a Universidade Católica de Lovaina (KU Leuven).
A chamada de comunicações decorre até ao dia 15 de fevereiro de 2017. As línguas do congresso são as seguintes: português, espanhol, francês e inglês.
Mais informações:http://blogs.ua.pt/conto/

Simpósio Internacional de Estudos Linguísticos e Literários
Data: 29 a 31 de maio de 2017
Local: Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM) em Uberaba – MG.
As propostas de Grupos de Trabalho (GT) devem ser enviadas por email para selluftm2017@gmail.com.

XV Congresso Internacional da Abralic
Tema: Experiências literárias, textualidades contemporâneas.
Data: 7 a 11 de agosto de 2017
Local: Universidade Estadual do Rio de Janeiro.
Envio de propostas para simpósio: até 3 de março de 2017.
Envio de propostas de comunicação: de 5 a 26 de março de 2017.




CHAMADAS PARA PUBLICAÇÃO

ARTIGOS

Revista Alere
do Programa de Pós-Graduação em Estudos Literários (PPGEL) da Universidade do Estado do Mato Grosso/Tangará da Serra
Dossiê: Literatura e História
O objetivo deste dossiê é propiciar reflexões sobre os mais variados temas referentes à complexa relação entre os campos da literatura e da história. Serão aceitos estudos que reavaliam os procedimentos da historiografia literária e seus conceitos, problematizam teoricamente a relação literatura-história, analisam a relação de obras e autores com os quadros políticos, sociais e intelectuais de sua época, investigam as particularidades de gêneros híbridos, como a utopia, a ficção científica, a biografia, a autobiografia, o romance histórico, entre outros. Serão aceitos também artigos de temática livre. Previsão de publicação: julho de 2017.
Prazo para envio: 30 de abril de 2017.
Enviar para:  revista.alere@gmail.com
Mais informações: http://www.ppgel.com.br/Revista

Revista Alea
Programa de Pós-graduação em Letras Neolatinas
Universidade Federal do Rio de Janeiro
Vol. 19/3 (set, out, nov, dez/2017)
Tema Livre
Prazo de envio:  até 15 de maio 2017

Vol. 20/1 (janeiro, fevereiro, março, abril/2018
Tema: Como viver juntos
Editores Convidados:
Paloma Vidal (Universidade Federal de São Paulo)
Mario Cámara (Universidade de Buenos Aires)
Prazo de envio: de 16 de maio a 15 de setembro de 2017

Alea se propõe como um percurso que indaga os modos como a literatura e a arte latino-americanas desenharam novas formas de vida. O campo de discussões nos quais se insere o volume tem como eixos os debates contemporâneos em torno de certas noções de comunidade, como as desenvolvidas por Maurice Blanchot, Jean-Luc Nancy, Giorgio Agamben, Roberto Esposito ou Judith Butler, e as reflexões provenientes das ciências políticas em torno da sociedade civil e do povo, tal como propõem Ernesto Laclau ou Jacques Rancière. O conjunto dessas contribuições problematiza o conceito de laço social a partir de diferentes perspectivas que consideramos produtivas para indagar os modos de vida na contemporaneidade, especialmente no momento atual, de profunda crise e acirrado debate.
Partindo dos eixos apresentados, privilegiam-se análises sobre obras entendidas como espaços que constroem figuras e relatos sobre “como viver juntos”. Entre os objetivos do dossiê estão a reflexão sobre os movimentos de inscrição e, alternativamente, de desinscrição, dessas figuras e relatos na esfera da cultura; a compreensão da politicidade desses movimentos, em cada momento histórico; e o entendimentos das diferentes inflexões estéticas que essas obras representaram no âmbito da literatura e da arte, inclusive como questionamento dos limites genéricos e territoriais que tradicionalmente as definem.

Vol. 20/2 (maio, junho, julho, agosto/2018
Tema: O desencanto noir: percursos atuais da literatura neopolicial
Editores Convidados:
Emilio J. Gallardo-Saborido (Universidade de Sevilha)
Jesús Gómez-de-Tejada (Universidade de Sevilha)
Prazo de envio: de 16 de setembro de 2017 a 15 de janeiro de 2018.

A literatura neopolicial, que vem se desenvolvendo dos meados do século XX até os dias de hoje, revolve o lixo social, expondo as podridões nacionais, que competem em vergonhas e baixezas. A ordem lumpen (proletária e, sobretudo, oligárquica) se mostra como um obstáculo contínuo às forças da civilização ou, pelo menos, ao seu acomodamento. O desencanto do gênero noir é mais uma expressão dessas sombras de nosso presente. Neste volume, propomos examinar diversas geografias literárias para comprovar como o neopolicial se converteu num espaço diegético implacável nas letras das últimas décadas. Por isso, são bem-vindos trabalhos de perfil teórico, análises literárias de textos e autores concretos, estudos comparativos, estudos transmidiáticos etc. Genericamente, admitem-se aproximações diversas ao redor da narrativa neopolicial (romance, conto, novela gráfica, séries televisivas, cinema, teatro).


Polifonia
Dossiê: Estágios supervisionados em literatura/ literatura nos estágios supervisionados.
Organizadores: Célia Maria Domingues da Rocha Reis (UFMT) e Maria Amélia Dalvi (UFES)
Prazo para envio:  até 30 de abril de 2017

Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea
Revista 54 (maio/ago. 2018)
Seção temática: Literatura e outras alteridades
Propõe-se uma reflexão acerca das produções literárias brasileiras contemporâneas que abordam as diferenças e a pluralidade de sujeitos e vozes que compõem socialmente um determinado aspecto da diversidade humana. Serão aceitos artigos que abordem obras e autores que incluam no raio de visibilidade aquele indivíduo marcado por uma singularidade que o situa fora do padrão cristalizado como o “normal” no que diz respeito ao corpo, aos sentidos, à inteligência ou à expressão do comportamento; ou seja, pessoas com algum tipo de deficiência (cegueira, surdez, deformidades, mutilação, nanismo, síndrome de Down, autismo, entre outros). Serão aceitos artigos de diferentes orientações teóricas e metodológicas que, separada ou associadamente: a) discutam o conceito de deficiência, em sua abordagem sócio-histórica ou filosófica e sua relação com a literatura; b) analisem a representação e autorrepresentação dessas alteridades em obras da literatura brasileira contemporânea; c) discutam obras específicas produzidas por escritores originários desses grupos minoritários; c) reflitam sobre a relação da pessoa com deficiência com os processos de produção, circulação e recepção das obras da literatura brasileira contemporânea; d) abordem atuações culturais relacionadas à temática nas mídias sociais e internet; e) debatam o papel das indústrias culturais e/ou das políticas públicas na visibilidade desses textos e práticas. A revista recebe colaborações para a seção de tema livre em fluxo contínuo.
Prazo para envio: 30 de maio de 2017.
SCRIPTA UNIANDRADE
v. 15, n. 1 (2017)
Eixo temático: Literatura fantástica em língua portuguesa
Prazo de envio: até 31 de maio de 2017.
O Conselho Editorial da Scripta Uniandrade tem o prazer de convidá-los para participarem do volume 15, número 1 (2017)
que pretende reunir estudos sobre a literatura fantástica em língua portuguesa desde o  século  XIX  até  a contemporaneidade.  Objetiva-se  ampliar  o  debate sobre questões  relacionadas  à referida temática por meio da reflexão em torno de obras representativas do gênero à luz de abordagens e perspectivas teóricas diversas.
A partir de 2017, a seção “Varia” receberá artigos teóricos e/ou estudos de caso sobre temas diversos e resenhas de obras recentes (últimos dois anos) de teoria literária ou crítica literária em fluxo contínuo.

Eixo temático: Literatura fantástica em língua inglesa
Prazo de envio: até 31 de julho de 2017.
O Conselho Editorial da Scripta Uniandrade tem o prazer de convidá-los para participarem do volume 15, número 2 (2017,)
que pretende reunir estudos sobre a literatura fantástica em língua inglesa desde o século XIX até a contemporaneidade. Objetiva-se ampliar o debate sobre questões relacionadas à
referida temática por meio da reflexão sobre obras representativas do gênero à luz de abordagens e perspectivas teóricas diversas.
A partir de 2017, a seção “Varia” receberá artigos teóricos e/ou estudos de caso sobre temas diversos e resenhas de obras recentes (últimos dois anos) de teoria literária ou crítica literária em fluxo contínuo.
v. 15, n. 3 (2017): Tema Livre
Prazo de envio: até 30 de setembro de 2017.
FronteiraZ
A  temática de FronteiraZ visa a estimular a reflexão e o debate sobre a presença da literatura brasileira no exterior via tradução, retradução e adaptação de obras e autores brasileiros. De especial interesse para a discussão que se deseja aqui promover são, entre outros, os seguintes tópicos: o projeto tradutório responsável pela seleção dos escritores e textos; os tradutores que realizam o trabalho da recriação; o perfil das editoras estrangeiras que promovem a publicação; a recepção das (re)traduções e adaptações, a posição que a literatura brasileira ocupa no polissistema literário estrangeiro; a imagem da literatura brasileira construída no exterior por meio de reescritas e paratextos de diversas naturezas; a possível repercussão dessas publicações para a posição dos escritores em seu próprio polissistema literário (brasileiro);  adaptações teatrais e fílmicas de textos literários brasileiros, sua recepção e os órgãos e patrocinadores que apoiam sua divulgação.
Prazo para envio: até 1º de junho de 2017. 
Revista Contexto
publicação do Programa de Pós-Graduação em Letras, com área de concentração em Estudos Literários, da Universidade Federal do Espírito Santo, recebe textos para os números 33 e 34 referentes, respectivamente, aos períodos de janeiro a junho de 2018 e julho a dezembro de 2018.
A seção Dossiê do número 33 (2018/1) receberá artigos sobre LITERATURA DE AUTORAS DE LÍNGUA ESPANHOLA. A seção Dossiê do número 34 (2018/2) receberá artigos sobre LITERATURA DE AUTORAS DE LÍNGUA PORTUGUESA. Além dos dossiês, a seção Clipe receberá artigos, na área de Estudos Literários, de temática variada. Os trabalhos deverão ser enviados exclusivamente para o e-mail revistacontexto.ppgl@gmail.com 
Prazo para envio: até o dia 12 de junho de 2017.

Desenredo
A temática Leitura em diversos suportes contempla investigações teórico-práticas desenvolvidas com diversos corpora que envolvam as áreas de Artes, Linguística e Literatura. Nesta proposta consideramos a música, a dança, o teatro e as artes visuais em interface com aspectos literários sob diferentes abordagens. Também outorgamos espaço no dossiê temático para trabalhos realizados em áreas conexas aos estudos da linguagem, tais como estética, semiótica, psicologia, sociologia, antropologia e educação.
Prazo para envio: até 31 de julho de 2017


Criação e Crítica
Tema: Escrita e separação.
Escrever é “sair de si”, mesmo que essa exterioridade seja algo que nos “pertence”, algo “próprio”, inclusive, a cada um de nós. A escrita produz separação, colocando algo para “fora” de nós – essa é uma de suas funções: produzir um contato com o outro. Mas ao mesmo tempo ela indefine as relações entre “dentro” e “fora”, na medida em que isso que “sai” de nós não fica também como registro de algo “próprio”. A revista propõe dois eixos principais para a abordagem das relações entre escrita e separação: “escritas de luto”, com foco na escrita como elaboração de acontecimentos traumáticos do passado e do presente; “escrever com afeto”, com foco nas redes de afetos que atravessam a produção e a circulação das escritas contemporâneas.
Prazo para submissão: até o dia 31 de julho de 2017.
A revista aceita artigos em português, francês, espanhol e inglês.
http://www.revistas.usp.br/criacaoecritica

CHAMADAS COM FLUXO CONTÍNUO
       
Veredas – Revista da Associação Internacional de Lusitanistas
A revista aceita artigos inéditos, oriundos de pesquisas originais relacionadas especialmente à literatura. Também é aberta às mais diferentes abordagens teóricos-metodológicas. São recebidas resenhas críticas de livros de teoria, de crítica ou de literatura publicados nos últimos três anos, desde que relacionados ao escopo da revista.
Mais informações: http://ojs.lusitanistasail.org/index.php/Veredas/about/submissions#authorGuidelines

Garrafa
Chamada da Revista eletrônica Garrafa do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Literatura da Universidade Federal do Rio de Janeiro – PPGCL/UFRJ. A Revista é publicada online e dirigida a estudantes de pós-graduação em formação como pesquisadores.
A Garrafa recebe contribuições inéditas em português e espanhol: artigos acadêmicos, ensaios, resenhas críticas de dissertações, teses e livros, traduções inéditas e/ou originais e entrevistas. As contribuições serão publicadas após a avaliação favorável feita por até dois leitores anônimos. Os artigos deverão ser enviados em versão .doc ou .docx para o seguinte endereço eletrônico:
Mais informações: revistagarrafa@gmail.com                               

​Revista Literatura e Sociedade
A revista está aberta a propostas de publicação de artigos e ensaios nas áreas de teoria literária e literatura comparada.
As submissões devem ser enviadas para o email
revflt@usp.br. ​